Aquarela





                    
Numa folha qualquer
                          
Eu desenho um sol amarelo
                          
E com cinco ou seis retas
                            
É fácil fazer um castelo...
 

                       
Corro o lápis em torno
                         
Da mão e me dou uma luva
                 
E se faço chover
                
Com dois riscos
                         
Tenho um guarda-chuva...
 

                         
Se um pinguinho de tinta
                  
Cai num pedacinho
              
Azul do papel
                     
Num instante imagino
                  
Uma linda gaivota
                 
A voar no céu...
 

           
Vai voando
                     
Contornando a imensa
                  
Curva Norte e Sul
            
Vou com ela
               
Viajando Havaí
                   
Pequim ou Istambul
                      
Pinto um barco a vela
                 
Branco navegando
                  
É tanto céu e mar
                  
Num beijo azul...
 

                
Entre as nuvens
                      
Vem surgindo um lindo
                   
Avião rosa e grená
                        
Tudo em volta colorindo
                           
Com suas luzes a piscar...
 

                          
Basta imaginar e ele está
                         
Partindo, sereno e lindo
                  
Se a gente quiser
                 
Ele vai pousar...
Adicionar Comentário  |  Tem 32 comentários